5º Workshop Boas Práticas em Saúde no Serviço Regional de Saúde

Decorreu, no dia 7 de dezembro de 2018, na ilha do Faial o 5º Workshop de Boas Práticas em Saúde do Serviço Regional de Saúde, promovido pela Saudaçor, S.A e com apoio da USI Faial e da Câmara Municipal da Horta.

O evento contou com a presença do Exmo. Sr. Secretário Regional da Saúde, Dr. Rui Luís, do Conselho de Administração da Saudaçor, S.A., do Diretor Regional de Saúde, Enf.º Tiago Lopes e da Vereadora da Câmara Municipal da Horta, Dra. Ester Pereira.

Na sessão de abertura o Dr. Rui Luís salientou a importância destes encontros entre Unidades de Saúde e entidades como a Direção Regional de Saúde e a Saudaçor. Destacou, ainda, que as apresentações dizem respeito a “áreas que estão alinhadas com os princípios orientadores do Governo Regional na resposta às necessidades emergentes ao nível da saúde materno infantil, da promoção da saúde e na otimização dos recursos existentes em prol de uma melhor resposta de cuidados”.

Durante o evento foi possível assistir a um total de 13 exposições, das quais, 7 consistiram em apresentações de boas práticas realizadas por parte de 4 USI e 5 apresentações por parte dos 3 Hospitais da RAA.

Estas as apresentações tiveram subjacentes os seguintes temas:

USI Terceira“Implementação do sistema de gestão do risco na Unidade Saúde de Ilha Terceira”;

USI Faial“Monitorização da vigilância de saúde materna na Unidade de Saúde de Ilha do Faial”;

USI Faial“Sistema de notificação interno de incidentes e eventos adversos da Unidade de Saúde de Ilha do Faial”;

USI Faial “Gestão da opinião dos utentes e trabalhadores”;

USI São Miguel“Curso de aprendizagem para o parto e parentalidade”;

USI São Miguel“Cuidador informal alvo de cuidados de enfermagem de saúde mental”;

USI Graciosa“Implementação do teste de diagnóstico antigénio rápido do streptococcus do grupo A”;

Hospital da Horta“Capacitação do autocuidado e promoção da qualidade de vida à pessoa ostomizada e sua família”;

Hospital da Horta, E.P.E – “Implementação da unidade de cirurgia de ambulatório no Hospital da Horta”;

Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, E.P.E“A cuidar o ambiente também cuidamos a saúde”;

Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, E.P.E“Controlo microbiológico na unidade de preparação de citotóxicos”;

Hospital do Divino Espírito Santo, E.P.E“Projeto de recuperação otimizada”.

Tivemos, ainda, a oportunidade de dar a conhecer um projeto da Saudaçor, neste caso específico, o “Sistema de informação de imagiologia para o Serviço Regional de Saúde”, apresentado pelo Eng.º Pedro Freitas, Subcoordenador do Gabinete de Tecnologias e Sistemas de Informação da Saudaçor, S.A.

Finalmente, este ano, foram atribuídos prémios às três boas práticas que se destacaram ao nível da qualidade, originalidade, inovação, ganhos para a organização, acessibilidade aos cuidados de saúde, sustentabilidade para os cuidados de saúde, valor acrescentado para os cuidados de saúde, articulação e complementaridade entre e/ou com os serviços de saúde e replicação e transferibilidade.

Nesse sentido, o terceiro lugar foi atribuído ao Hospital da Horta com a Boa Prática “Implementação da unidade de cirurgia de ambulatório no Hospital da Horta”, o segundo lugar à USI São Miguel com a Boa Prática “Cuidador informal alvo de cuidados de enfermagem de saúde mental” e o primeiro lugar à USI Graciosa com a apresentação relativa à “Implementação do teste de diagnóstico antigénio rápido do streptococcus do grupo A”.